21
Jan 12

Profª. Nancy Alessio Magalhães

Face às incertezas e fragmentação da experiência nas sociedades de hoje, no limiar do século XXI, a memória torna-se cada vez mais necessária para que não percamos nossas referências como seres humanos. O ato de imortalizar ações, feitos e palavras, assim, não pode ser encarado como em vão, para que se garanta um espaço, ainda que perecível, a lições e ensinamentos que outras gerações poderão re-colher e re-construir. O que se silencia, o que se relega ao esquecimento, o que se relega ao esquecimento, o que se escolhe para guardar ou registrar, como, com quem e para quem se produzem e se preservam as diferentes memórias é um processo que passa por relações de poder.

Deste modo, não cabe substituir uma versão da história por outra, muito menos valorizar e/ou buscar a que seria, pretensamente, a mais verdadeira. O que se trata é de democratizar um pouco mais a discussão, é de evocar infinitamente outras vozes. São essas questões e princípios metodológicos que alimentam nossas ações.

Leia mais...

21
Jan 12

Donec posuere ultrices dolor nec molestie. Donec tempor libero ut lorem sagittis a ornare felis tempus. In quis nisl sed nunc feugiat dignissim at nec nulla. Nulla dignissim congue nisl, eget ornare lorem imperdiet quis. Suspendisse eu vehicula tortor. Suspendisse condimentum accumsan dui. Sed faucibus nisl nec leo imperdiet aliquam. Nullam ac felis vitae sem volutpat porttitor. Phasellus et arcu dolor, nec pretium turpis. Fusce dictum imperdiet tempor.

Leia mais...